Juíza argentina não casará homossexuais "mesmo me custe o emprego"


Buenos Aires, 19 Jul. 10 / 06:24 pm (ACI).- A juíza de paz de General Pico, Marta Covella, afirmou que "ainda que me custe o emprego, e ainda que me custe a vida", não casará casais do mesmo sexo; logo que isto fora aprovado pelo Senado na semana passada.

"Que me acusem do que queiram. Deus me diz uma coisa e eu a vou obedecer à risca, ainda que me custe o emprego, e ainda que me custe a vida, porque primeiro está o que Deus me diz", expressou.

A juíza recordou suas raízes cristãs e afirmou que sabe o que Deus pensa. "Deus ama a toda as gentes mas não aprova as coisas más que as pessoas fazem. E uma relação entre homossexuais é uma coisa má diante dos olhos de Deus", indicou.

Nenhum comentário: