Ano sacerdotal termina com a ordenação de seis novos padres em Campina Grande (PB)


Sexta-feira,06 de agosto de 2010
Após peregrinações e encontros regionais e diocesanos, fortalecendo a espiritualidade através do tema “Fidelidade de Cristo, Fidelidade do Sacerdote”, será encerrado nesta quarta-feira, dia 4, o Ano Sacerdotal na Diocese de Campina Grande.

A data que também celebra o Dia do Padre e de São João Maria Vianney, patrono dos presbíteros, marca a abertura do mês vocacional na Diocese e será coroada com a ordenação de seis novos padres. São eles: Antônio Batista Lima, Dezenilton da Silva Santos, João Paulo Souto Victor, Leandro Márcio de Normândia, Raniery Alves dos Santos e Ruan Peron de Medeiros Lima. A celebração será realizada no Santuário do Sagrado Coração de Jesus, situado na Rua Luís Sodré Filho, bairro do Catolé, a partir das 16h.

Segundo o coordenador do clero diocesano, Padre Romualdo Vieira, o Ano Sacerdotal foi preparado para ser concluído com ordenações. “A Igreja no mundo encerrou este Ano no último mês de junho, mas como podemos ajustar esta programação conforme a agenda diocesana, decidimos concluir com um grande acontecimento, ou seja, ordenações”, frisou.

Ele avaliou o Ano como positivo. “Tivemos eventos em todos os níveis na nossa Diocese, como peregrinações e encontros regionais e diocesanos, sempre com a espiritualidade fortalecida e aprofundando o tema ‘Fidelidade de Cristo, Fidelidade do Sacerdote’”, ressaltou.

21 novos padres em três anos

Segundo o Bispo Diocesano de Campina Grande, Dom Jaime Vieira Rocha, nos últimos dois anos foram ordenados 15 novos sacerdotes na Diocese, sendo 7 em 2008 e 8 em 2009. “Com os seis que serão ordenados nesta quarta-feira, chegamos ao total de 21 padres em três anos”, frisou.

Para ele, esse número representa o desenvolvimento da missão cristã. “Isso é fruto de um árduo e dedicado trabalho desenvolvido pela equipe de formação do Seminário Diocesano São João Maria Vianney, na última década. Assim, com o acréscimo destes padres, o serviço do culto divino, o atendimento espiritual, a administração dos sacramentos, o trabalho pastoral e missionário e as demais atividades e serviços serão aperfeiçoados e ampliados”, destacou.

Nenhum comentário: