Candidatos falam de assuntos de interesse dos católicos em debate


Cerca de 100 milhões de brasileiros acompanharam as duas horas e 15 minutos do primeiro debate promovido pela TV Canção Nova e Rede Aparecida, nesta segunda-feira, 23. Estiveram presentes os candidatos José Serra (PSDB), Marina Silva (PV) e Plínio Arruda (PSOL). A candidata do PT, Dilma Rousseff não confirmou presença alegando problemas com a agenda.

Serra afirmou que foi um "excelente debate" e pôde "falar com franqueza". Segundo ele, houve divergência e até coincidências de opiniões entre os candidatos, mas "caberá ao eleitor fazer seu julgamento".
A candidata Marina comentou sobre a variedade de temas, que permitiram falar sobre assuntos de vários segmentos da sociedade e, assim "ampliar sua visão sobre a proposta dos candidatos, a forma como cada um lida com as questões". Ela afirmou que "defendeu o que acredita", tratando com seriedade os temas.

Plínio disse que a Canção Nova e a Rede Aparecida marcaram um "gol" com esse debate. Ele elogiou a estrutura do evento, onde "todos tiveram oportunidades iguais, com o mesmo tempo", e criticou a ausência da candidata do PT, Dilma, afirmando que "poucos conhecem o que ela pensa".
Debate

No primeiro bloco os três candidatos foram questionados sobre a necessidade ou não de um presidente acreditar em Deus, em seguida, em respostas particulares, Marina falou sobre a reforma agrária [resposta], Plínio sobre a presença de símbolos religiosos [resposta] e Serra sobre economia atual do país [resposta].

No segundo bloco, jornalistas levantaram questões particulares para cada um dos candidatos. Raphael Leal da TV Canção Nova questionou o candidato Plínio sobre sua opinião ao projeto que pretende criminalizar a homofobia [resposta], perguntando se ele assinaria o projeto. Em seguida, o jornalista questionou Marina sobre sua postura diante da aprovação do aborto no Brasil [resposta] e ao candidato Serra perguntou se ele apoiaria a distribuição de materiais que valorizem a castidade e a fidelidade conjugal como formas de prevenir Aids [resposta].

O jornalista Martin Andrada, da TV Século XXI interrogou o candidato Plínio a respeito da democratização dos meios de comunicação, se a medida não abre precedente a censura [resposta]. Ao abordar José Serra, Martin perguntou o que o candidato fará para reverter o quadro da pesquisa, onde a Dilma aparece com vantagem em relação a ele [resposta]. Já Marina foi questionada a respeito da segurança pública, como ela resolveria essa questão [resposta].

José Maria Mayrink, do jornal O Estado de São Paulo, questionou o candidato do PSDB sobre sua posição ao projeto de construção do trem-bala, da transposição do Rio São Francisco e da hidrelétrica de Belo Monte [resposta]. Para o candidato do PSOL, o jornalista perguntou se ele acredita que há espaço no Brasil para um socialismo radical [resposta]. E a candidatada do PV foi indagada se ela acreditava ser possível governa sem troca de favores [resposta].

Dando continuidade ao debate, no terceiro bloco, os candidatos Serra e Marina falaram sobre a redução da maioridade penal, pergunta feita por Dom Leonardo de Miranda, representando a Pastoral do Menor [resposta]. Logo após, Marina e Plínio responderam a pergunta do coordenador nacional da Pastoral Familar, Raimundo Veloso Leal, sobre o PNDH-3 e sobre a opinião pessoal sobre a vida e a família [resposta].

A terceira pergunta do bloco foi feita pelo coordenador nacional da Pastoral Carcerária, padre Valdir João Silveira, aos candidatos Plínio e Serra, questionando-os sobre o atual sistema carcerário, se pretendem manter o sistema ou investir em outras alternativas para reduzir a criminalidade [resposta].

O último bloco do debate foi divido em dois módulos. No primeiro, os candidatos responderam a perguntas sorteadas. Marina falou sobre a política habitacional [resposta], Plínio sobre a contradição entre os recordes na produção da agricultura e tantos que ainda passam fome [resposta], e Serra falou sobre a lei do aborto, comentando se questãos morais devem ser decididas em plebiscito pelo povo [resposta]. No segundo módulo, os três candidatos deram sua opinião sobre o ensino religioso na educação fundamental [resposta].

E, concluíram o debate com suas considerações finais.

fonte:cançãonova.com

Nenhum comentário: