Filhas de Jesus celebram irmã Cândida


A Congregação das Filhas de Jesus celebraram ontem o aniversário de sua Fundadora, Madre Cândida Maria de Jesus (1845-1912), que será canonizada por Bento XVI no próximo dia 17 de outubro, no Vaticano.

Em Salamanca, na Espanha, a Beata Cândida será recordada com uma Eucaristia presidida pelo Pe. Ceferino García SJ, na Capela do Palácio de Mostenses, onde se encontra o corpo da religiosa, beatificada pelo Papa João Paulo II no dia 12 de maio de 1996.

Nasceu em Andoáin, na Espanha, em 31 de maio de 1845. Filha primogênita, recebeu de seus pais uma educação cristã, conforme os princípios que professavam. Em Toulouse, na França, para onde se mudara com seus pais, ela frequentava a igreja, onde recebeu o primeiro sinal de sua vocação.

Começou a viver uma situação de busca. Em Valladolid, na Igreja do Rosarillo, diante do altar da Sagrada Família, sentiu o sinal que deveria fundar uma Instituição dedicada ao bem das pessoas, através da educação da infância e da juventude. Foi ali que começou a nascer a Congregação das Filhas de Jesus.

Como queria Madre Cândida, a Congregação se estendeu: a primeira expansão missionária fora da Espanha foi em 1911, quando seis irmãs, enviadas pela própria fundadora, foram para o Brasil e se estabeleceram em Pirenópolis - Goiás.

Atualmente, a Congregação das Filhas de Jesus conta mil membros está em 17 países de quatro continentes, atuando nos campos da imigração, promoção da mulher e pastoral penitenciária. A atenção das religiosas se concentra também nos meninos e meninas de rua, a quem oferecem educação escolar e apoio psicológico para a plena integração social de famílias, enfermos, aborígines e marginalizados.

No exercício de sua missão, as irmãs “educam evangelizando e evangelizam educando”. Como nota de distinção, as irmãs ressaltam que “como Filhas de Jesus, são chamadas a ser seu grupo, pertencer à sua comunidade e segui-lo como discípulas; e a devoção a Nossa Senhora, Mãe de Deus, Estrela de seus caminhos.

fonte:católicanet.com

Nenhum comentário: