Mineiros soterrados no Chile improvisam altar no refúgio para rezar até seu resgate


A cadeia CNN informou que os 33 mineiros soterrados na mina San José de Atacama solicitaram que lhes enviem imagens religiosas para improvisar um altar enquanto esperam ser resgatados.

As autoridades consideram que o resgate dos mineiros poderia tomar vários meses mas confiam em obtê-lo antes do Natal. Os mineiros se encontram soterrados em um refúgio a 700 metros de profundidade, logo depois de um desmoronamento ocorrido durante uma jornada de trabalho no princípio de agosto.

Segundo a CNN, nos últimos dias já se estabeleceu um fluxo de comunicação entre as equipes de resgate e os trabalhadores para que os mineiros façam pedidos e recebam mensagens de seus familiares para fazer suportável a espera.

Os trabalhadores já receberam um crucifixo, solicitaram imagens religiosas, como estátuas de Santos, e uma bandeira chilena. “Os mineiros querem designar uma área no refúgio como santuário”, disse à CNN o Ministro da Saúde Jaime Manalich.

Esta semana, o Presidente Sebastián Piñera logo depois de comunicar-se por telefone com os mineiros, instalou uma imagem de São Lourenço, padroeiro dos mineiros no palácio presidencial junto com 32 bandeiras chilenas e uma boliviana, que representam a todos os trabalhadores soterrados desde o 5 de agosto.

fonte:acidigital.com

Nenhum comentário: