O Mundo inteiro recorda a Madre Teresa no centenário do seu nascimento


Esta quinta-feira 26 de agosto cumpre-se cem anos do nascimento da Beata Teresa de Calcutá, por isso as congregações fundadas por ela, e os católicos de todo o mundo celebram esse acontecimento com missas, vigílias de oração, novenas e simpósios, que terão por tema comum: "Deus nos criou para coisas maiores: para amar e ser amados".
À continuação, algumas das celebrações mais destacadas no mundo:

Em Skopje: Na sua terra natal, a Madre Teresa será homenageada no dia 26 de agosto com uma sessão no Parlamento Macedônio, seguida da apresentação do Prêmio Nacional Madre Teresa. Às 6:00 p.m. celebrar-se-á uma Missa na Catedral do Sagrado Coração, presidida pelo Arcebispo de Belgrado, Dom Stanislav Hoèevar.

Também se abrirá ao público uma exposição de fotografias realizadas pelo artista croata Zvonimir Atietiæ, na Casa do Memorial Madre Teresa. As celebrações na Macedônia se estenderão até o final deste ano.

Na Albânia: Está prevista para esta quinta-feira 26 uma peregrinação nacional em sua honra, à catedral de Vau-Dejës, na diocese de Sapa, com uma liturgia eucarística presidida pelo Arcebispo de Durres-Tirana, Dom Rrok Kola Mirdita, e concelebrada pelo Núncio Apostólico na Albânia, Dom Ramiro Moliner Inglés, e pelos bispos locais.

Em Kosovo: O 2010 foi proclamado em Kosovo como o "Ano da Madre Teresa". Ali se renderá homenagem à Beata no dia 5 de setembro, dia de sua festa litúrgica, com a consagração de uma igreja santuário em Prístina. A construção da igreja começou em 2003 a pedido do Bispo local, Dom Mark Sopi, e do presidente Rugova, e foi concluída com Dom Dodë Gjergji como Administrador Apostólico de Kosovo.

Em Roma: O vigário geral de Sua Santidade para o Estado da Cidade do Vaticano, Cardeal Angelo Comastri, presidirá uma Missa na basílica de São Lourenço em Damasco às 7:00 p.m. desta quinta-feira. Participarão as congregações religiosas e as comunidades de vida contemplativa fundadas pela religiosa presentes em Roma, assim como os voluntários, benfeitores e as pessoas acolhidas nos conventos romanos.

A celebração estará precedida pela inauguração de uma exposição de fotografias titulada "Beata Teresa de Calcutá, vida, obras, mensagem", organizada no Palácio da Chancelaria. Por outro lado, com motivo de sua festa litúrgica, a igreja de São Gregório em Celio acolherá diversas iniciativas espirituais: uma vigília de oração no sábado 4 de setembro e uma liturgia eucarística no domingo 5 de setembro, celebrada pelo Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, Cardeal Ivan Dias.

Na Índia: A Madre Teresa chegou em 1929 e passou grande parte de sua vida nesse país, no qual as celebrações começaram em 17 de agosto com uma novena em todas as paróquias da Arquidiocese de Calcutá, sede da Casa Matriz das Missionárias da Caridade. O Centenário se abre oficialmente em 26 de agosto com uma celebração eucarística presidida pelo Arcebispo de Ranchi, Cardeal Telesphore Toppo.

Em Nova Delhi, um programa carregado de iniciativas incluirá um simpósio sobre a beata Madre Teresa e dois espetáculos de dança e teatro, o primeiro se realizou no último 23 de agosto e o próximo está previsto para na terça-feira 31 de agosto, por iniciativa da Conferência Episcopal da Índia com a colaboração da UNESCO.

Também em Nova Delhi, terá lugar a comemoração pública deste centenário no sábado 28 de agosto, em presença do presidente hindu Pratibha Devisingh Patil. O encontro dará lugar à apresentação oficial de uma moeda cunhada com a imagem da beata pela Índia, que proclamou o dia 26 de agosto como o "Dia nacional dos órfãos", em sinal de reconhecimento à Madre Teresa e a sua obra com as pequenas vítimas da solidão e do abandono.

fonte:acidigital.com

Nenhum comentário: