Capela // Sacrário roubado em Itambé

Nem mesmo as igrejas estão sendo mais poupadas pelos assaltantes. Por três vezes, num intervalo de um mês, capelas da cidade de Itambé, na Mata Norte, foram alvos de ações criminosas. A última ocorrência foi registrada na madrugada do ultimo dia 09 de novembro na Capela de Santa Terezinha, no bairro do Maracujá. Desta vez, até as hóstias foram levadas pelos ladrões, que roubaram também outras três peças sacras usadas na cerimônia da eucaristia.

Um crime de sacrilégio, previsto no artigo 1377 do Código de Direito Canônico. Por conta do furto das hóstias, a capela foi fechada em sinal de desagravo e só reabrirá suas portas com a bên0ção do arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, que deverá rezar uma missa. A celebração ainda não tem data definida porque depende da agenda.

Enquanto isso, o padre Vanduy Bione de Araújo prestou queixa ontem na Delegacia de Itambé. Segundo o religioso, foram furtados um sacrário, peça em latão dourado usada para guardar as hóstias consagradas, uma âmbula niquelada (objeto semelhante um cálice) e uma teca, utensílio para armazenar a hóstia maior. O padre informou que os assaltantes entraram na igreja durante a madrugada. ´Eles arrombaram uma janela pela lateral da capela`, contou.

De acordo com Vanduy Bione, as peças furtadas foram vistas pela última vez na celebração das 19h da segunda-feira passada. ´Rezei a missa e saí da secretaria junto com os membros da comunidade deixando todas as portas fechadas. Para surpresa nossa, às 5h30, quando uma das pessoas veio abrir a capela, encontrou a janela aberta e os objetos desaparecidos do altar`, falou. O sacrário e a âmbula estão avaliadas em R$ 2 mil e R$ 300.

Segundo o padre, esse já é o terceiro furto registrado em Itambé. No mês passado, ladrões arrombaram a Capela do Sagrado Coração de Jesus, na Vila Rafael Pacífico, e a Capela de São José, na comunidade de Salgadeira.

Publicado no Diario de Pernambuco em 10.11.2010

Nenhum comentário: