"2012" é o filme mais absurdo de todos os tempos, afirma Nasa


O filme-catástrofe "2012", lançado em 2009, ganhou de cientistas da Nasa o título de obra cinematográfica mais cientificamente absurda de todos os tempos em uma conferência na Califórnia.
A Nasa diz ter recebido uma enxurrada de e-mails de gente preocupada com o fim do mundo e achou infeliz que neutrinos, um tipo de partícula subatômica, causassem terremotos e furacões, algo inconcebível.
"Tivemos até de pôr no ar um site para derrubar os mitos, algo que nunca tínhamos feito antes", diz Donald Yeomans, cientista da Nasa.

Outros filmes criticados pela Nasa foram "O Dia Depois de Amanhã", "O Sexto Dia", "O Núcleo - Missão ao Centro da Terra", "Quem Somos Nós" e "Volcano".
A agência elogiou, porém, a precisão científica de "Gattaca - Experiência Genética", "Blade Runner", "Metropolis" e "Jurassic Park".

Fonte: http://www.cleofas.com.br/ver_conteudo.aspx?m=not&cat=108&scat=80&id=1792

Nenhum comentário: