A Igreja necessita de sacerdotes bem preparados, diz Bento XVI



O Papa Bento XVI ressaltou, aos membros do Pontifício Instituto Eclesiástico Polonês em Roma, recebidos em audiência na manhã, desta segunda-feira, 17, a importância da boa preparação dos futuros sacerdotes. “A Igreja necessita de sacerdotes bem preparados, ricos daquela sabedoria que se adquire na amizade com o Senhor Jesus, atingida constantemente na celebração eucarística e na fonte inesgotável de seu Evangelho”, afirmou.

“A busca pela Verdade, para vocês, que como sacerdotes vivem esta peculiar experiência romana, estimulados e enriquecidos pela proximidade com a Sede Apostólica, compete um específico e universal serviço à comunhão católica na verdade e na caridade”, enfatizou o Pontífice.

O Santo Padre ressaltou que, no decorrer de sua história, a Instituição, que comemora seu centenário, foi capaz de desfrutar da preocupação e carinho de vários pontífices, “entre os quais recordamos, de maneira mais próxima a nós, o Servo de Deus Paulo VI e, naturalmente, o futuro beato, o venerável Servo de Deus João Paulo II, que a visitou em 1980 e destacou o seu grande significado para a Igreja e para o povo polonês”, disse.

O amor e a devoção para com a figura de Pedro, disse Bento XVI, impulsiona os sacerdotes a servirem generosamente toda a Igreja. “Permanecer ligados a Pedro, no coração da Igreja, significa reconhecer, plenos de gratidão, de estar inserido em uma plurissecular e fecunda história de salvação, que por uma multiforme graça vos foi alcançado e a qual sois chamados a participar ativamente, até que, como uma árvore madura, leve sempre seus preciosos frutos”, declarou.

Inaugurado solenemente em 13 de novembro de 1910, pelo monsenhor Sapieha, que mais tarde se tornou Cardeal Arcebispo de Cracóvia, o Instituto oferece, aos sacerdotes poloneses, como destacou o Papa, um ambiente idôneo para o estudo e fraternidade, durante o período de formação em Roma.

fonte:cançãonova.com

Nenhum comentário: