Festa da Visitação de Nossa Senhora.

ouco depois da Anunciação, avisada pelo anjo Gabriel de que sua prima Isabel, apesar da idade avançada, esperava um filho para breve, Maria dirigiu-se à cidadezinha onde residia a futura mãe de São João Batista, situada na pequena aldeia de Ain-Karin. Tal viagem, de cerca de cem quilômetros através de região montanhosa, não estava isenta de fadigas e perigos, porém a Virgem Santíssima caminhava alegremente, não apenas pelo desejo de auxiliar a parenta, mas também porque sabia que tinha dentro de suas entranhas o Filho de Deus o Salvador do Mundo.
Trazendo Jesus em seu seio, ela ia levar a graça à família do sumo sacerdote Zacarias, tornando-se assim, desde então , por vontade de Deus, a Medianeira de todas as graças.
No primeiro instante em que Maria saudou a prima, Santa Isabel cheia do Espírito Santo, respondeu-lhe: - “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre!”, e, ao sentir o filho exultando em seu seio, continuou: - “De onde me vem a honra de receber a visita da Mãe do Meu Senhor?” Então, Maria, não sabendo mais conter alegria de que estava possuída desde a Anunciação, respondeu-lhe com as belíssimas palavras do “Magnificat”: “Minha alma glorifica o Senhor e meu espírito exulta de alegria em Deus meu Salvador”, profetizando em seguida que todas as gerações a chamariam de Bem-aventurada. Maria passou cerca de três meses em casa de sua prima auxiliando-a em toda sorte de serviços e depois voltou a Nazaré.

Nossa Senhora neste dia, quer também nos visitar. Quer estar junto de nós, nos ajudando em tudo o que necessitamos. Ela entra como Mãe Amorosa que é, vê nossas aflições e angustias, nossas alegrias e conquistas.
Não façamos cerimônia com Ela, ela nos visita, mas não é uma”visita” apenas, Ela quer hoje impelida pelo Espirito Santo ser nossa mãe, nossa mãezinha.
Ficar em nossa casa. Participar da nossa família.
Se atualiza hoje o que Jesus nos disse no alto da cruz ao olhar sua Mãe e o discípulo João: “Mulher, eis o teu filho! Depois disse ao discípulo: “Eis a tua Mãe.” diz-nos as escrituras que “A partir daquela hora, o discípulo a acolheu no que era seu.”(Jo,9.26-27)

Rezemos juntos:

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DA VISITAÇÃO

Virgem Maria, Mãe de Jesus e minha querida Mãe, invocando-vos sob o título de “Nossa Senhora da Visitação”, vos peço que assim como visitantes vossa prima Isabel, venha visitar minha família, pois estamos necessitando de muitas graças (especificá-las), que certamente com vossa visita as receberemos.

Concedei-nos por sua intercessão que, respondendo fielmente aos apelos de Vosso Espírito.

Que com vosso exemplo possamos ser mais caridosos com nossos irmãos indo visitá-los e
conforta-los em suas necessidades.

Obrigada Mãe, pelo vosso amor para conosco. Amém.
(Rezar 1 Pai-Nosso e 3 Ave-Marias)

Adoração e Vida Lança o Desafio: Viver em Santidade!

O CD “Em Santidade” apresenta o objetivo principal do Ministério Adoração e Vida: louvor e adoração – temática que se revela praticamente em todas as músicas. O Ministério Adoração e Vida vem fortalecendo, ao longo dos anos, uma presença orante nos shows e apresentações, mas sem deixar de lado o compromisso concreto do Cristão de defender a vida em todos os seus aspectos.

Este CD, produzido e lançado pela Paulinas-COMEP, traz novidades na diversidade de compositores e nas participações especiais: do Dunga, Adriana e Pe. Fábio de Melo. Além das canções “Convém”, “Receba (Ap 22,17)”, “Ares da adoração”, “Lugar de adoração e vida” e “Em santidade” de Walmir Alencar, ele também assina junto com Rodrigo Pires, a canção “Nessa estrada”, “A esperança chegando” com o Bruno Rocha e “Decididamente” com Cassiano Menke. O álbum ainda traz canções de Anderson Freire (Eu abro mão), Gil Monteiro (Além do véu), e Cristiano Silva com a canção “Escolhe, pois a vida”, vencedora do "Festival Adoração e Vida 2010”, promovido pelo ministério através do site, que contou com a participação de centenas de internautas e fãs.

A música título do CD foi gravada ao vivo em Belo Horizonte-MG e ganhou um clipe, que você já assiste a seguir:


A produção artística e musical foi feita pelo Walmir Alencar e Rodrigo Pires. Os Arranjos ficaram por conta do Adelso Freire e também do Rodrigo Pires. Além dos integrantes do Ministério na execução musical, Cayan Vieria na Bateria, Alan Pereira no Baixo, Bruno Rocha nas Guitarras, violões e nos backings, Rodrigo Pires nos Teclados e backings; Walmir Alencar e Fátima Sousa nos vocais, o ministério contou com a participação de um sexteto de cordas. A gravação da música “Em Santidade” teve a participação dos músicos Paulo Santi na Bateria e Rafael Rosa no baixo. A faixa título do CD ganhou também a versão em Play back (bônus).

O CD ainda traz uma faixa interativa com cifras, partituras, fotos e com o clipe da música “Em Santidade”.

FAIXAS DO CD:

1. Eu abro mão – Anderson Freire
2. Convém – Walmir Alencar
3. Receba (Ap 22,17) – Walmir Alencar
4. Decididamente – Cassiano Menke/Walmir Alencar
5. Além do véu – Gil Monteiro
6. Ares da adoração - Walmir Alencar
7. Lugar de adoração e vida – Walmir Alencar
8. Escolhe, pois a vida - Cristiano Silva
9. A esperança chegando – Bruno Rocha/Walmir Alencar
10. Nessa estrada – Rodrigo Pires
11. Em santidade – Walmir Alencar
12. Em santidade – Walmir Alencar (Play Back)

Sede Santos 2011

No ultimo domingo dia 22 de Maio aconteceu no Parque de Eventos
em Carpina-PE o Xº Sede Santos, O evento que reuni centena de
Carismáticos contou com a participação de varias caravanas saindo
de todas as paróquias da diocese de Nazaré.

A edição do Sede Santos desde ano contou com a participação de
Giselda da Arquidiocese de Olinda-Recife e com o Pe.Antônio Junior,
Além de Raimundo e da Coodernadora estadual da RCC-PE e do nosso
Bispo Dom Severino Batista de França.

O Xº Sede Santos começou no Sábado dia 21/05 às 19:30 com a celebração
da Santa Missa. No domingo dia 22/05 às 08:00 teve a reza do santo terço,
depois houve muito louvor e adoração ao nosso Deus com a Pregação do
Pe. Antônio Junior seguindo de Adoração ao Santíssimo Sacramento.

Logo Após uma pausa para o almoço Pregação com Giselda e oração
com Raimundo. Apesar do cansaço e do calor que fazia em Carpina
Ninguém saiu e ficou até o fim, e Para encerrar com chave de
ouro o Sede Santos 2011 o nosso Bispo Dom Severino celebrou a
Santa Missa com muita alegria e entusiasmo, ele convidou os cristãos
na sua homilia a envagelizarem sempre com muito ardor, e levar Jesus Cristo
a todos os lugares. Encerrando assim o Sede Santos 2011.

Confira mais fotos:
Sacrário de Amor Levando o Nosso Testemunho de Fé ao mundo Digital!.

Beatificação da Irmã Dulce a Madre Teresa De Calcutá do Brasil

A Arquidiocese de Salvador e as Osid (Obras Sociais Irmã Dulce) divulgaram a programação da cerimônia de beatificação de Irmã Dulce.

Marcada para o próximo Domingo dia 22 de maio, a celebração deve reunir mais de 60 mil pessoas no parque de exposições de Salvador, segundo expectativa dos organizadores.

Serão cinco dias de celebração, entre os dias 21 e 28 de maio, sendo que o rito de beatificação (evento principal) será no dia 22.

O decreto de beatificação de Irmã Dulce (1914-1992), conhecida como "o anjo bom da Bahia", foi assinado pelo papa Bento 16 em dezembro passado.

O Vaticano reconheceu a intercessão da religiosa na recuperação de uma mulher sergipana, desenganada pelos médicos após sofrer uma forte hemorragia durante o parto. O processo tramitava desde junho de 2001.

No dia 21, que antecede a cerimônia de beatificação, haverá uma missa no Santuário de Irmã Dulce, seguida de vigília. No dia 22, a celebração está prevista para começar às 14h. O primeiro evento será a exibição de um espetáculo sobre a vida da religiosa, com a participação de 700 alunos do núcleo de educação da Osid.

Em seguida, às 17h, o cardeal D. Geraldo Majella Agnelo presidirá a celebração canônica com uma missa seguida do roteiro litúrgico do rito de beatificação do Vaticano. O cardeal representará o papa Bento 16 na cerimônia.

O altar da cerimônia foi planejado pelo arquiteto João Martins, da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil). "Com dois grandes pórticos, os quais vistos de cima formam a figura de uma cruz, o altar contará também com uma arquibancada para um coral de 300 pessoas", explicou Martins.

Os ingressos para a festa serão distribuídos gratuitamente, mas não há previsão de data. Em Salvador, os interessados devem procurar as paróquias, a sede das Obras Sociais e a rádio Excelsior. Uma central de atendimento foi montada para atender as caravanas do interior baiano e de outros Estados. A central funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h, pelo telefone 0800-284-5284 e do email cerimonial@irmadulce.org.br.

Com a beatificação, o fluxo anual de turistas que visitam o memorial de Irmã Dulce, em Salvador, deve passar de 35 mil para 100 mil, segundo estimativa da superintendente da Osid, Maria Rita Pontes.

A Secretaria de Turismo do Estado deve investir R$ 5 milhões na requalificação do largo de Roma, onde fica o memorial. O governo baiano espera atrair principalmente o comércio voltado para romeiros, com a venda de artigos religiosos.

BEATA

Irmã Dulce será a primeira baiana a se tornar beata. O título de santa só poderá é dado após a comprovação de mais um milagre atribuído à religiosa e reconhecido pelo Vaticano. Após a beatificação, ela será chamada de Bem-aventurada Dulce dos Pobres.

Irmã Dulce, cujo nome era Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes, começou a praticar caridade aos 13 anos, ajudando mendigos que moravam nas ruas da capital baiana. Aos 18 anos, entrou para a Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição. Dedicou toda sua vida à caridade.

O corpo de Irmã Dulce foi transferido em 2009 para um túmulo lacrado na capela das Relíquias, na igreja da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, no Largo de Roma, bairro onde a religiosa fez trabalhos de caridade, em Salvador. Antes da transferência, o corpo mumificado da religiosa ficou exposto por três dias e atraiu centenas de pessoas.

Maria: Regaço acolhedor

Nossa Senhora é mãe que acolhe nos momentos mais difíceis. Ela é tão mãe que mesmo ingratos olha com piedade para nós.
Não tenha medo de descansar no colo de Maria rezando o santo terço, ali você sentirá todo o consolo que tua alma precisa.

“Ó Maria, que coloca nas nossas mãos a coroa do Santo Rosário, ensina-nos a recitá-lo tornando-nos, na sua escola, autênticos contemplativos e testemunhas de Cristo”. (João Paulo II, Angelus, 27 outubro)

Oferecimento a Nossa Senhora

Debaixo de vossa proteção nos refugiamos, ó Santa mãe de Deus. Não desprezeis nossas súplicas em nossas necessidades, mais livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita.

Senhora nossa, Advogada nossa , Medianeira nossa !Com vosso Filho nos reconciliai, ao vosso filho nos recomendai, ao vosso Filho nos apresentai ! Amém.


Sacrário de Amor levando o nosso testemunho de fé ao mundo digital.

HOJE A PARÓQUIA DE FERREIROS COMPLETA 05 ANOS


Paróquia Nossa Senhora da Conceição Do Município de Ferreiros-PE Faz 05 anos
Neste dia 13 de Maio de 2011. São 05 anos de muita alegria
E emoção por parte dos Católicos do nosso município. Que sonhavam a tanto
Tempo por esta graça.
A Paróquia que foi Fundada no dia 13 de Maio de 2006 por então Pároco
Da quase-Paróquia de Ferreiros o Pe.Ailton Correia Maciel e pelo bispo
Dom Tobias de Freitas.
E para comemorar esse momento tão especial hoje as 07h00min
Sairá da capela de mãe rainha do bairro de Ferreiros novo
A tradicional procissão luminosa em direção a Igreja Matriz do Nosso Município.
Onde lá haverá a Santa Missa Solene presidida pelo Pároco Pe.Fracisco Valdemar.
Convidamos a Todos os Católicos do nosso município a participar dessa grande festa.

Há 94 anos o céu visitou a terra

Era 13 de maio de 1917, uma manhã de domingo como tantas outras, quando o céu se abriu e Nossa Senhora veio visitar a terra, trazendo um apelo de conversão para toda a humanidade. Escolheu como mensageiros os humildes pastorinhos da Serra de Aire, Jacinta de 7 anos, seu irmão Francisco, de 9, e sua prima Lúcia, de 10 anos.

O lugar escolhido também surpreende pela simplicidade. A Cova da Iria era uma terra de pastagens para o rebanho de ovelhas, coberta de uma vegetação rasteira, pedras e algumas árvores, como a azinheira, utilizada por Nossa Senhora do Céu como púlpito, para falar aos pequeninos e por intermédio deles ao mundo inteiro.
O fato é que, há 94 anos, o 13 de Maio é um marco na história de Portugal, da Igreja e do mundo. A vida daquelas crianças também mudou completamente depois daquele dia. Fiéis ao apelo de Nossa Senhora: «Oferecei a Deus todos os sofrimentos que Ele vos enviar, em ato de reparação pelos pecados com que Ele é ofendido e de súplica pela conversão dos pecadores».

Os Três Pastorinhos entregaram-se a esta sua grande missão, principalmente pela recitação diária do terço e a prática de sacrifícios, de tal modo que já em 1919 e 1920, respectivamente, Francisco e Jacinta foram levados ao céu. E depois de a Santa Igreja ter reconhecido as virtudes heroicas deles e um milagre por meio da intercessão deles, o Papa João Paulo II – no dia de 13 de maio de 2000 – declarou-os beatos, reconhecendo assim o cumprimento heroico da missão que receberam de Nossa Senhora.

Na terceira aparição da Virgem Maria às crianças – em julho de 1917, Lúcia recebeu de Nossa Senhora uma missão específica: «Jesus quer servir-Se de ti, para Me fazer conhecer e amar. Ele quer estabelecer no mundo a devoção a Meu Imaculado Coração». Missão que ela assumiu com muito empenho durante toda a vida.
Em outubro daquele mesmo ano, conforme a Senhora havia prometido, concluiu-se o ciclo das aparições. Aquele dia ficou marcado com o surpreendente “Milagre do Sol” – historicamente certo e reconhecido inclusive pela ciência. Diante deste sinal de Deus, o bispo D. José nomeou, em maio de 1922, uma Comissão Canônica para o processo Diocesano das Aparições e em 13 de outubro de 1930 declarou como dignas de crédito as visões das crianças na Cova da Iria, permitindo oficialmente o culto a Nossa Senhora de Fátima que, a esta altura, já atraía milhares de peregrinos de diversas partes do mundo ao local.

A essência da Mensagem de Fátima é chamar a atenção dos homens para as verdades eternas da salvação. Sua primeira exigência é a reparação das ofensas cometidas contra Deus, contra Jesus e contra o Imaculado Coração de Maria.
Jacinta Marto, a mais nova entre os três videntes, expressava esta verdade quando já enferma – e totalmente absorvida pelo desejo do Céu – vivia seus últimos dias aqui na terra. «Se os homens soubessem o que é a eternidade, faziam tudo para mudar de vida», proclamava ela.

Francisco, que tinha caráter firme e era, segundo relatos, o mais radical nas penitências, era de poucas palavras e de muita oração. Sabendo que seria logo levado ao Céu pela Branca Senhora, não queria outra coisa senão consolar o coração de Jesus com suas orações e penitências. Enquanto a sua irmã e a prima iam à escola, ele aproveitava para ficar com “Jesus Escondido”, como costumava referir-se à Santíssima Eucaristia.

À Lúcia foi confiada – pela Virgem de Fátima – a missão de nos transmitir a Mensagem de Fátima, guardar por um tempo “o Segredo de Fátima” e ser, durante sua vida na terra, um sinal concreto de fé e esperança para os peregrinos e devotos de Nossa Senhora. Faleceu aos 98 anos, em 13 de fevereiro de 2005.
Noventa e quatro anos já se passaram e a Mensagem de Fátima parece-nos ecoar com ainda mais vigor. As inúmeras graças alcançadas e o número cada vez maior de peregrinos que vêm à Cova da Iria são sinais evidentes da presença real da Mãe de Deus neste lugar.

Apoiemo-nos com fé na promessa que Nossa Senhora nos fez: «Por fim meu Imaculado Coração triunfará» e caminhemos como fiéis peregrinos rumo à salvação eterna.

fonte:www.cancaonova.com

Maria, Santuário do Altíssimo

Maria é a obra-prima do Altíssimo, nela Deus gerou seu filho para a humanidade por obra do Espírito Santo. Em Maria, Deus está mais magnificamente e mais divinamente que qualquer outro lugar do universo. Criatura nenhuma por mais pura que seja jamais poderá acolher Deus tão dignamente como Maria acolheu. Nela a Santíssima Trindade pode repousar com a segurança de quem a criou.

Por isso os Santos padres da Igreja chegaram a nomear Maria como o Santuário da Santíssima Trindade, justamente porque foi o próprio Deus que a instituiu cujo conhecimento e domínio, Ele reservou para Si.

O mundo desconhece a beleza de Maria porque é indigno e inapto. Mas Deus escolheu revelar a grandeza de Maria às almas que nela se encontra a caminho do paraíso celestial. Maria é a antecipação do paraíso já aqui na terra, pois nela Deus habita e se esconde a fim de que nós embora indignos por causa dos nossos pecados, o mereçamos aproximar de Deus por meio da dignidade de Maria.

Devemos nos aproximar de Maria como nos aproximamos da Igreja para encontrarmos com Deus. Nela Deus se encontra em plenitude justamente por Deus a ter escolhido como morada, portanto, um santuário onde a Santíssima Trindade habita.

Quem deseja conhecer Jesus e seu reino, deve antes ter a necessidade de conhecer o reino da Santíssima Virgem Maria, pois não há outro caminho mais curto que este.

Marcelo Pereira

fonte:blog.cancaonova.com/fatimahoje

Mãe, muito obrigado por tudo!!!!



MÃE, a senhora é o sorriso de Deus
Sua ternura é fruto do puro amor
Em seus braços encontro abrigo seguro
No seu coração não falta espaço para acolher.

Seu olhar é o espelho da esperança
Sua vida é modelo de caridade
Sua oração é confirmada pela fé.

Suas palavras são doces como o mel dos favos
O seu ensinamento me faz crescer
A sua correção me faz aprender a
escolher o caminho certo.

A sua existência alegra meu coração
Deus a recompense pela sua dedicação
Que Maria, nossa MÃE possa presenteá-la
com o tesouro da fidelidade, da paciência e da serenidade.

Sou fruto de seu ventre
O seu sim me tornou realidade
Mostra-me a luz da vida
direcione meus passos.

Com estas palavras quero
demonstrar a minha gratidão
através da simplicidade do
meu coração.

E que cada mamãe sinta o carinho, o olhar e o cuidado de Nossa Senhora, especialmente neste mês de maio.


Mês dedicado a Nossa Mãe do céu e da terra!

Feliz dia das mães!

MAIO, MÊS DE MARIA GRANDE MÃE DE DEUS E MÊS DAS MÃES


Este é um mês especial! Mês das Mães.

As Mães que Deus escolheu para nos gerar, criar, educar, proteger e amar. Não foi por mero acaso.

É o Mês de MARIA, a Mãe de Jesus .

Maria, através de seu semblante deixa transparecer a divindade de seu Filho muito amado, Jesus. Ela é a Mãe do Puro Amor.

Maria é promessa e esperança, é ternura e solidariedade, é bondade e amor. É o veículo direto que nos comunica com Seu Filho. É nossa intercessora.

A ela, confiamos nossas fraquezas, nossos sofrimentos, nossas limitações. Maria é nosso HELP!

O colo de Maria é maternal. Nele, encontramos abrigo e consolo. Ela nos conforta, nos acalenta. A presença da Virgem Maria em nossas vidas é real. Maria nos guia a cada momento. É mãe cuidadosa e amorosa com seus filhos. Assim, também, devemos ser com nossos filhos, semelhantes à Maria. Tratá-los com carinho sob nossa orientação e cuidados, mesmo que tenhamos que nos esforçar em certas ocasiões.

Devemos ser fiéis à Mãe de Deus, oferecendo nossas orações, aflições, angústias e tendo-a em lugar especial e respeitoso em nossas vidas.

Ela, não se esquece de nós. Precisamos ser Mães como Maria, acalentando nossos filhos, educando-os e amando-os, dentro dos princípios morais, éticos e religiosos. Sejamos mães comprometidas com nossos filhos, até as últimas conseqüências. Isso, alegrará o Coração de Maria.

Maria supervisiona nossa maternidade. Ela é Mãe Celeste das Mães.

Ela nos abençoa e solidifica nossa fé em seu Filho amado.

Com Maria firmamos nosso elo de união com Jesus Cristo seu FILHO.

O profundo mistério de ser Mãe de Deus a coloca numa posição privilegiada na história da salvação, elevando-a acima de todas as criaturas. Porém, não podemos esquecer que sua vida foi de ser humano normal semelhante à nossa, com as devidas diferenças da época.

Mas, as preocupações, sofrimentos, trabalhos, exatamente, como nós.

Estamos acostumados a vê-la nos altares, merecidamente, envolta em vestes douradas, mãos postas, glorificada.

Mas... Nos esforcemos para também vê-la de avental, cozinhando e lavando como nós.

Nossa relação com Nossa Senhora é uma relação de infinita igualdade e ao mesmo tempo de grandezas diferentes.

E o SIM de Maria? É o SIM do verdadeiro e Santo Amor.

Queremos pedir um pouco da sua coragem, para darmos o “SIM” necessário à realização do Plano de Deus em nós.

O Sim da Virgem Maria a coloca em plena disponibilidade ao Criador. Sem pensar nas conseqüências, faz a sua entrega, entrega total de prova de amor.

Maria foi o maior exemplo de fé, de certeza, fidelidade ao Pai.

Renuncia sua própria vida de jovem comum e assume o principal papel na História Universal, o de Mãe de Deus.

Sejamos como Maria, Mães amáveis, mães responsáveis, mães em regime integral.

O nosso culto à Virgem Santíssima, Mãe de Deus, Rainha de Todos os Anjos e Santos é de SUMA VENERAÇÃO-HIPERDULIA.

A Igreja estabeleceu duas festas de preceito e honra à Virgem Maria.

A Festa da Imaculada Conceição no dia oito de dezembro e a Festa da Assunção de Maria em quinze de Agosto.

As demais festas celebram os Privilégios de Maria. E são muitas,

pois ela tem muitos títulos.

No segundo domingo do mês de maio, comemoramos o Dia da Mãe, que na verdade, é todo dia. Mãe não tem férias, assim como não tiramos férias de Deus. A Mãe exerce sua maternidade até o fim.

São Bernardo, devoto mariano, dizia que o Coração de Maria Santíssima é como um quadro onde estão pintados todos os atrozes sofrimentos de seu Filho. Para conhecê-los, não é preciso fitar a cruz, basta observar o coração da Mãe Dolorosa.Os espinhos que ferem a cabeça de Jesus, os pregos que transpassam os pés, as mãos, as feridas que lhe cobrem os ombros, os insultos, as angustias, tudo isso está visivelmente esculpido no coração da Santíssima Virgem.

No Coração das mães, também estão cravados os sofrimentos de seus diletos filhos.

Como a Virgem Maria, as Mães têm seus sofrimentos e suas dificuldades. Confiemos nossas tribulações à Maria.

Nas suas freqüentes aparições ela repete: “Orai, orai muito pela conversão dos pecadores! Fazei penitência!”

Devemos fazer o que ela nos pede.

São vários seus títulos e muitos tratamentos especiais. Podemos e devemos tratá-la com respeito e dignidade. Entre muitos, Santíssima Virgem Maria, Nossa Senhora, Mãe de Deus ou simplesmente MARIA.

A exemplo de Maria, mulheres, sejamos Mães com docilidade, paciência e serviço, tudo temperado com fartas doses de Amor para exercermos o dom nobre desta linda e especialíssima missão: MÃE!

fonte:www.universocatolico.com.br